Secretaria Municipal de Saúde adere à Campanha “VACINA MAIS”


CENTRO DE IMUNIZAÇÃO ATENDERÁ EM HORÁRIO ESTENDIDO

A Campanha é resultado de uma parceria entre as organizações da ONU com o Conselho Nacional de Saúde, Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) e Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS).

O objetivo da iniciativa é conscientizar a população brasileira sobre a importância de aumentar a cobertura vacinal. Dados do Ministério da Saúde apontam quedas no número de crianças vacinadas no Brasil nos últimos anos, deixando milhões de pessoas em risco.

Dados do Ministério da Saúde apontam que, de 2015 a 2021, o número de crianças vacinadas com a primeira dose contra a poliomielite caiu de 3.121.912 para 2.089.643. Já para a terceira dose, no mesmo período, os números reduziram de 2.845.609 para 1.929.056.

A vacinação é uma das intervenções de saúde pública mais eficazes e que salvam vidas. Somente com alta taxa de cobertura vacinal será possível prevenir mais de 30 doenças potencialmente mortais e proteger gerações inteiras de famílias e comunidades ao longo de todo o curso de vida.

A baixa cobertura vacinal acarreta uma imunização insuficiente que resulta no retorno de doenças imunopreveníveis como o sarampo por exemplo. O Brasil havia ficado livre da transmissão autóctone (que ocorre dentro do território nacional) do vírus causador dessa doença em 2016. Porém, a combinação de casos importados de sarampo com a baixa cobertura vacinal levou o país a ter novamente um surto desta doença.

A campanha “Vacina Mais” deve ser instrumento para a melhoria desse cenário e vai permitir um trabalho conjunto para que se obtenha novamente altas coberturas de vacinação de rotina. “Vale lembrar que ainda existem muitas pessoas no município que não tem a cobertura de vacinação completa das vacinas de COVID-19, da gripe, vacinas que são seguras, que estão disponíveis para todos e que vão proteger toda a comunidade”, destacou o Secretário Municipal de Saúde Julio Sandrini.

“Com a campanha “Vacina Mais” se pretende motivar a população a se vacinar mais, mantendo a vacinação de rotina em dia e tomando todas as doses necessárias das vacinas contra COVID-19 e influenza, de modo a protegerem a si mesmas e aos outros”, finaliza o secretário.