Programa Jovem Aprendiz insere 24 piraienses no mercado de trabalho em 2021


Nos quatro primeiros meses do ano, 24 jovens piraienses foram inseridos no mercado de trabalho por meio do Programa Jovem Aprendiz. O programa municipal realiza a intermediação da contratação de jovens de 14 a 22 anos em empresas conveniadas. O jovem contratado é inserido também no curso de aprendizes mantido pela Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Promoção Social. Atualmente, oito empresas da cidade possuem em seu quadro de colaboradores jovens aprendizes.

Para se tornar um aprendiz, o jovem dever estar matriculado na escola ou já ter concluído o ensino médio, ter conhecimento em informática e apresentar alguns documentos. “Todo jovem tem direito a ingressar no programa. A partir do momento em que o jovem é inserido na empresa, é inserido no curso que é dividido entre as disciplinas de cidadania, ética e serviços administrativos”, explica a coordenadora do Jovem Aprendiz, Jussara de F. Cordeiro.

Mesmo com todas as dificuldades ocasionadas pela pandemia do novo corona vírus, 52 jovens aprendizes estão trabalhando por intermédio do programa. Para que os jovens não fossem prejudicados, as aulas foram adaptadas para a modalidade on-line. “É muito importante darmos continuidade a esse serviço de intermediação de jovens interessados em ingressar no mercado de trabalho, pois muitos podem contribuir com o sustento de suas famílias. Além disso, esse tempo de serviço como aprendiz pode abrir muitas portas no futuro”, comenta a secretária municipal de Trabalho, Emprego e Promoção Social, Maria Lúcia da Silva Godoi.

Hellyn C. de Souza Carneiro, de 19 anos, concluiu o ensino médio em 2019, foi inserida em uma das empresas conveniadas no mês de fevereiro e conta gostar do trabalho desempenhado. “Estou gostando bastante da atividade que estou exercendo, ainda mais por estar aprendendo coisas novas. Vou adquirir muita experiência nesse tempo de curso como aprendiz”, revela.

Maria Lúcia ressalta que a gestão está em busca de novas parcerias com empresas do município, aumentando assim, o número de vagas para inserção dos aprendizes. “Estamos buscando novas oportunidades para os jovens. Caso a empresa ainda não tenha convênio conosco, pode nos procurar na sede da Setep ou entrar em contato pelo telefone 3237-3006”.

Para se inscrever no Programa Jovem Aprendiz é necessário:

 


Categorias: Assistência Social,