Prefeitura deseja construir Posto de Saúde no Bairro Três Santas


O Secretário Municipal de Saúde, se reuniu na noite desta terça-feira 12/05/2020 com alguns moradores do Bairro Três Santas na zona urbana do município para discutir a viabilidade da construção de uma unidade de saúde no local.
Diante das restrições exigidas pela condição de pandemia pelo novo coronavírus, o secretário reuniu-se com um grupo reduzido de lideranças do bairro para tratar do assunto.
O Secretário de Saúde do município, Julio Sandrini iniciou a reunião explicando que técnicos da Secretaria de Saúde, com o auxílio dos Agentes Comunitários de Saúde, realizaram um levantamento sobre os condicionantes de saúde daquela comunidade, onde levantaram o número de famílias e as respectivas composições (número de crianças, adultos e idosos), gestantes, hipertensos, diabéticos etc.

Do resultado deste levantamento se chegou à conclusão de que o bairro já comportava uma Unidade de Saúde para poder atender esta importante parcela da população do município de forma mais próxima de suas moradias.
O Secretário ouviu os representantes da comunidade e juntos aprovaram a proposta da construção da Unidade de Saúde. “Vim até a comunidade para ouvir dos moradores se realmente é uma prioridade deles ter essa unidade de saúde no bairro, pois atualmente eles usam a Unidade Básica de Saúde Maíra”, explica o Secretário.

Ele ainda relatou que a dificuldade no momento é encontrar um terreno adequado para que possa comportar um projeto ideal. “O município até tem um terreno aqui no bairro, porém a dimensão não é adequada para atender com todo o espaço e conforto necessário para atender a comunidade. Por isso, viemos ouvir e acolher ideias e chegarmos a um consenso juntos, pois a obra primeiro tem que nascer desta vontade popular”, descreve o Secretário.

Questionado sobre os recursos para a obra, o Secretário explicou que existe um superávit na pasta da Saúde, aprovado pela Câmara Municipal de Vereadores na reunião do dia 11 de maio de 2020, que certamente é suficiente para fazer frente aos custos da construção e compra de equipamentos. “Dinheiro para construir temos. Equipe para atendimento dos pacientes também temos. O que precisamos e alinhar alguns detalhes para que possamos iniciar a obra”, salienta o Secretário.


Categorias: Saúde,