Piraí do Sul completa 140 anos de Emancipação Política.


O município de Piraí do Sul completa dia 05 de março 140 anos de emancipação política, porém como fundação o município comemora em 12 de abril, 148 anos e já em 23 de abril comemora 75 anos de instalação da comarca.

A história de Piraí do Sul, semelhante a outros municípios e cidades da região, nasce no rastro das tropas no séc. XVII, popularmente conhecido como a Rota dos Tropeiros ou  Caminho de Viamão. Este trajeto era uma rota comercial que saia da cidade Viamão no Rio Grande do Sul, até a feira de Sorocaba no estado de São Paulo, onde era a principal praça para comercialização de gado e tropas em todo o Brasil Colônia.

A primeira denominação do atual município de Piraí do Sul foi Bairro da Lança. O início do povoamento de origem europeia deu-se em princípios do século XVII, numa área de terras localizada no Vale do Rio Piraí e pertencente ao padre Lucas Rodrigues França, filho do capitão-governador João Rodrigues França e fundador de arraiais de mineração e dono da sesmaria que deu origem a Piraquara. Alguns anos depois, estabeleceram-se Manoel da Costa Ferreira e Ana Mendes Tenória, no que foram seguidos por outras famílias. Em meados do século XVIII, os moradores dos bairros do Piraí, Lança, Fundão e cercanias movimentaram-se para construírem uma capela. A pequena igreja foi levantada no local denominado Campo Comprido, sob a invocação de Nossa Senhora de Santa Ana que depois do falecimento de seus fundadores ficou em ruínas.

Em meados do século XIX, os moradores do Bairro da Lança ergueram uma nova capela, na qual entronizaram a imagem do Senhor Menino Deus, e ao redor do templo efetivou-se a povoação. A Igreja Matriz de Piraí do Sul foi inaugurada em fevereiro de 1859, sob a benção de frei Mathias de Gênova, após cerca de 10 anos de construção. 

Dado o desenvolvimento da localidade, em 12 de abril de 1872, através da lei provincial nº 329, o povoado de Lança eleva-se à categoria de freguesia, denominada Pirahy, sob a invocação do Menino Deus e com território pertencente ao município de Castro, desmembrando-se pela lei provincial nº 631, de 5 de março de 1881, ao ser elevado à condição de vila. A instalação solene ocorreu em 24 de julho de 1882, ocasião em que foram empossados os primeiros vereadores de Piraí. 

Já em 23 de abril de 1946,  ocorreu a instalação da Comarca. O decreto-lei nº 199, de 30 de dezembro de 1943, alterou a denominação para Piraí-Mirim, passando a denominar-se Piraí do Sul pela lei estadual nº 2, de 11 de outubro de 1947. O nome “Piraí” é uma referência ao Rio Piraí, que banha o município. O termo provém da língua tupi e significa “rio dos peixes”, através da junção de pirá (peixe) e ‘y (rio). A expressão “do Sul” foi acrescentada para diferenciar o município do município de Piraí, no estado do Rio de Janeiro.