Comitê Municipal de Gerenciamento de Crise está oficialmente constituído


Comitê Municipal de Gerenciamento de Crise é formado por representantes do setor público e privado e tem caráter deliberativo.

O Comitê Municipal de Gerenciamento de Crise para assuntos relacionados a prevenção e combate ao novo coronavírus, realizou nesta segunda-feira, 3 de agosto, sua primeira reunião após oficializado. A reunião foi coordenada pelo Secretário Municipal de Saúde, Júlio Sandrini que apresentou dados epidemiológicos relevantes sobre a situação da pandemia no município para os integrantes do Comitê afim de subsidiar a tomada de decisões acerca das novas estratégias a serem implementadas.

O Comitê é formado por doze integrantes distribuídos paritariamente, sendo 6 representantes do setor público e 6 do setor privado. No setor público é formado pelo Secretário Municipal de Saúde, Secretário Municipal de Negócios Jurídicos, Presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Delegado da Polícia Civil, Comandante da Polícia Militar e Ministério Público. No setor privado é formado pela Associação Comercial e Empresarial de Piraí do Sul, na área de Comércio, Associação Comercial e Empresarial de Piraí do Sul, na área de Indústria, Sindicato Rural de Piraí do Sul, Representante do Conselho Municipal de Saúde, Representante do Conselho da Comunidade de Piraí do Sul e Representante das Instituições Religiosas de Piraí do Sul.

O Secretário Municipal de Saúde, explica que o Comitê de Gerenciamento de Crise COVID-19 do município de Piraí do Sul é um órgão temporário, com funções deliberativas, normativas, fiscalizadoras e consultivas, que integra a estrutura básica da Secretaria Municipal de Saúde de Piraí do Sul.

“Esse Comitê foi criado para atuar de forma imediata e em tempo real, monitorando, propondo e fiscalizando a implementação do Plano Municipal de Contingência COVID-19 para efetivar as medidas necessárias ao enfrentamento da crise causada pela pandemia,” explica o Secretário.

O gerenciamento compartilhado, entre o setor público e privado, da crise gerada pela pandemia, com a atuação do Comitê traz um novo olhar na análise situacional do momento, fortalecendo a tomada de decisão que auxiliem no combate e prevenção da COVID-19.

“Todas as informações que são levadas aos integrantes do Comitê ajudam muito na elaboração dos decretos ou revisão destes”, esclarece o secretário.

Nessa reunião, após aprovação por unanimidade dos presentes, foram tomadas importantes decisões principalmente em relação a algumas adequações nos decretos vigentes relativos aos serviços de delivery, promoções no comércio, quantidade pessoas por metro quadro nos espaços públicos e em relação aos horários do toque de recolher. “Depois analisarmos os dados atuais da pandemia no município, chegamos à conclusão de que é possível fazer algumas mudanças as quais serão apresentadas em um novo decreto,” revela o Secretário.

Um exemplo é a sugestão apresentada pela Policia Militar e Civil para os serviços de delivery onde os entregadores devem realizar um credenciamento dos seus veículos na Prefeitura. Isso segundo a Polícia Militar facilita a fiscalização no momento das abordagens de quem está trabalhando ou não neste segmento.

Outra questão apresentada é que a grande maioria das contaminações ocorre dentro de casa devido ao relaxamento que as pessoas tem por achar que por estar em casa estão seguras e acabam por esquecer as recomendações básicas como o uso de máscara, álcool em gel 70%, lavagem frequente das mãos com água e sabão e o distanciamento.

Agora o texto do decreto com as novas determinações deliberadas na reunião do Comitê, vai passar pela redação final e publicado em breve.


Categorias: Administração, Saúde,