Empossados os novos Conselheiros do Conselho Municipal de Saúde de Piraí


Conselho Municipal de Saúde por meio da comunidade representada, exerce ativamente o controle social na área da saúde, acompanhando a assistência à saúde na implantação e desenvolvimento de programas e ações junto à população.

Aconteceu nesta segunda-feira, 15, no Auditório do Centro Administrativo Antônio Fanchin Filho a primeira reunião do Conselho Municipal de Saúde após a Conferência Municipal, realizada em março. Neste encontro foram empossados os novos conselheiros eleitos na Conferência completando os 16 representantes dos segmentos usuários, trabalhadores, prestador e gestor.

No momento foi realizada uma palestra sobre o que é o Conselho de Saúde e qual o papel dos Conselheiros. Na oportunidade foram discutidos assuntos como a vacinação da gripe e da febre amarela e foi aprovado o texto da Carta Aberta para a Câmara de Vereadores expondo a necessidade do Concurso Público, para a contratação de mais profissionais para execução de alguns importantes serviços de saúde.

O Conselho Municipal de Saúde é um órgão apolítico, de caráter consultivo e deliberativo na execução das políticas públicas da área de saúde, fiscalizando a aplicação do dinheiro público na área da saúde, verificando se a assistência à saúde está ocorrendo e atendendo à população, participando diretamente nas decisões da gestão relacionadas à saúde, bem como no planejamento e execuções das políticas públicas de saúde.

A farmacêutica e Presidente do Conselho, Danieli Mendes da Silva, espera que “o conselho funcione de uma forma efetiva, que fiscalize de forma responsável as verbas aplicadas na saúde, mas que com o seu poder deliberativo ande de mãos dadas com a gestão, ajudando, dando ideias, participando, e dessa forma garanta os interesses e necessidades da população na área da saúde.”

De acordo com Danieli fazem parte do conselho 16 representantes do segmento usuários, sendo 8 titulares e 8 suplentes; 8 representantes do segmento trabalhador (4 titulares e 4 suplentes); 2 representantes do segmento prestador (1 titular e 1 suplente), e 6 representantes do gestor (3 titulares e 3 suplentes).

Para o Secretário Municipal de Saúde, Julio Sandrini, “é através do conselho de saúde, que os cidadãos podem influenciar as decisões do governo relacionadas à saúde e, também o planejamento e a execução de políticas de saúde. Muito importante que os conselheiros estejam a favor da vida e da saúde, defendendo o acesso aos serviços de saúde de qualidade.”

O Conselho de Saúde tem também como responsabilidade, juntamente com o gestor da saúde, contribuir para a formação de conselheiros comprometidos com a saúde, baseada nos direitos de cidadania de toda a população.

“Estamos muito otimistas com esse novo Conselho, sabemos que a participação popular é difícil, mas a construção de uma sociedade melhor, mais justa e democrática se faz com a participação de todos. É por isso que o controle social deve ser incentivado e vivido no dia a dia, como exemplo de cidadania para a comunidade,” finaliza o Secretário.


Categorias: Saúde,