UBS Thereza Vianna Silva promove 1º encontro de gestantes


São inúmeros os benefícios do aleitamento materno como a aproximação da mãe e do bebê, favorece o emagrecimento, diminuiu as chances de anemia, além de todas as proteínas que contém nele e ele previne doenças e infecções.

A Unidade Básica de Saúde Thereza Vianna Silva promoveu o 1º encontro de gestantes motivado pelo Agosto Dourado, mês dedicado à amamentação e que simboliza uma campanha social pela maior consciência de pais e mães – tanto antes como após a gestação – quanto a importância do leite materno na alimentação dos primeiros anos de vida dos bebês.

O leite materno é o primeiro alimento da nossa vida logo quando chegamos ao mundo. É através dele que o corpo se desenvolve e é fortalecido, para que as mais variadas doenças sejam prevenidas. É um alimento crucial, pelo menos nos primeiros meses de vida, reduzindo assim o índice de mortalidade infantil, como divulga a Organização Mundial de Saúde – OMS.  “As crianças devem fazer aleitamento materno exclusivo até aos 6 meses de idade. Ou seja, até essa idade, o bebê deve tomar apenas leite materno e não deve dar-se nenhum outro alimento complementar ou bebida. A partir dos 6 meses de idade todas as crianças devem receber alimentos complementares (sopas, papas, etc.) e manter o aleitamento materno. As crianças devem continuar a ser amamentadas, pelo menos, até completarem os 2 anos de idade”.

O evento foi palestrado pela nutricionista Kiara Bevilaqua e o médico, Cidcley Milléo, que abordaram temas como: importância do aleitamento materno, fases do leite humano, pega correta, cuidados com a mama, posição para amamentar o bebê, componentes do leite materno, vínculo entre mãe, filho e família e também foi falado sobre a manobra de Heimlich, que é a desobstrução das vias aéreas do ser humano por engasgamento.

Estiveram presentes, aproximadamente, 25 pessoas entre elas gestantes desde o início do pré-natal até após elas ganharem o bebê onde passam a se denominar puérperas.

 

 


Categorias: Saúde,