Programa Cooperjovem trouxe resultados significativos para Piraí do Sul na área da Educação


Aluna piraiense foi uma das finalistas do Prêmio de Redação do Programa, Maria Fernanda foi até Caiobá receber seu troféu em forma de estatueta.

A aluna piraiense do 4º ano da Escola Municipal Pedro Solek, do Bairro do Piraí Mirim, Maria Fernanda Bianchini Staron, esteve em Caiobá nos dias 03 a 05/09 como finalista do Prêmio de Redação do Programa.

Maria Fernanda trouxe para casa o prêmio de finalista da melhor redação – nível 1, com o tema “Porque o Cooperjovem merece ganhar o Oscar da Educação?”. A estudante foi acompanhada pela professora coordenadora do Projeto, Marciane Solek e pela coordenadora da Secretaria da Educação, Cristiane Messias.

Neste ano, houve a participação de 20 cooperativas paranaenses parceiras do Programa. Ao todo, foram 56 redações inscritas na primeira categoria (alunos matriculados no 4° e 5° ano do ensino fundamental) e 18 redações na segunda categoria (alunos matriculados do 6° e 9° ano do ensino fundamental).

“Estes projetos incentivam a leitura e a escrita, tema muito debatido e preocupante, mas trabalhando junto entre escola, família e comunidade, com certeza obteremos resultados positivos, como esse da Premiação do Programa Cooperjovem. Onde, como coordenadora do Projeto neste ano, tive o prazer de acompanhar a aluna classificada com a melhor Redação do Município, Maria Fernanda de apenas 9 anos que teve sua redação classificada na categoria nível 1 – 4° Ano com a poesia: “Cooperjovem em Ação “.”, disse com orgulho Marciane Solek.

A programação do evento foi bastante extensa recheada de palestras e momentos de descontração para as crianças. “Foram dias inesquecíveis, aprendizado, superação, musicais, festa à fantasia, onde os protagonistas, com certeza, fomos todos nós. Com cooperação, conseguiremos melhores resultados!”, completou a coordenadora.

Maria Fernanda está muito contente com seu trabalho e diz nem ter acredito que tinha se classificado. “Quando fiz a redação para o Programa CooperJovem entendi que quando ajudamos uns aos outros tudo melhora em nossas vidas. Nem acreditei quando a professora me contou que fui selecionada, fiquei muito feliz. Ela é uma ótima professora, obrigada a todos da escola Pedro Solek e aos meus colegas de classe. Adorei a viagem e vou me esforçar cada vez mais”, disse.

A coordenadora do projeto, Marciane Solek, faz um agradecimento especial ao Sescoop – Castrolanda, Secretaria de Educação e outros. “A direção, professores e funcionários da Escola Pedro Solek, e aos pais da aluna, que são atuantes e participativos, incentivando e contribuindo para que seus filhos tenham um futuro melhor. Ano que vem, tem mais!”, finalizou.

O que é Cooperjovem? – O programa é desenvolvido como uma parceria da Prefeitura Municipal com a Cooperativa Castrolanda e Sescoop, oferece cursos de formação para os professores – onde são elaborados os Projetos a serem realizados nas escolas, visando a cooperação.

 

 


Categorias: Educação,