Eleições para Conselheiro Tutelar acontecem no dia 6 de outubro


As eleições acontecerão no dia 6 de outubro no Pavilhão Cultural a partir das 08 horas e encerra às 17 horas. Participe e exerça sua cidadania!

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA faz um convite especial a todos os cidadãos de Piraí do Sul para que exerçam seu direito ao voto, e participem da eleição para o novo Conselheiro Tutelar Municipal. O pleito será realizado no primeiro domingo de outubro, dia 06, no Pavilhão Cultural a partir das 08 horas até às 17 horas.

O Conselheiro tem uma função autônoma e não jurisdicional, isso significa que embora receba recursos e esteja pautada junto com a prefeitura ele não pertence nem a prefeitura e nem ao poder judiciário então ele é autônomo para ouvir a comunidade e garantir os Direitos da Criança e do Adolescente. Portanto qualquer criança ou adolescente, não importa a religião e nem mesmo a questão econômica tem seu direito assegura através do trabalho do Conselho Tutelar.

Uma criança ou um adolescente que está passando por trabalho infantil, violência ou que não tem a sua vaga garantida na escola ou CMEI e qualquer outra situação de violação de direitos, é o conselheiro tutelar que deve ser chamado para atuar na defesa dessa criança. “Estamos todos envolvidos com a questão da Criança e Adolescente, por isso, eu volto a dizer que é importante a participação de todos nesse ato de eleição”, disse Carina Dalcol, assistente social e uma das envolvidas na comissão eleitoral.

Como votar – As eleições de 2019 devem eleger 5 membros para o conselho que atuarão de 2020 a 2023, sendo 5 titulares e 5 suplentes e concorrem ao título 18 pessoas.

O voto será impresso e a cédula conterá o nome dos 18 candidatos e o eleitor poderá assinalar até 5 deles. “O eleitor deve marcar com um x os candidatos ou o candidato que ele considerar apto para essa função”, esclareceu Carina.

Eleitores – Pode votar pessoas a partir dos 16 anos de idade que já possua o título de eleitor. Também deve residir em Piraí e que não esteja impedido de votar. O título de eleitor e um documento com foto oficial são documentos obrigatórios no momento.

Carina repete a importância da participação da população nesta escolha mesmo o voto não sendo obrigatório pede a participação da população “é facultativo, mas de suma importância”.

Participação da população – Além da participação com o voto, necessita também do trabalho voluntário de munícipes como mesários. O trabalho voluntário será retribuído com carga horária e podem ser divididos turnos de meio período para os voluntários. Para se voluntariar basta conversar com a Carina no CRAS, Maria Lúcia Godoy na APAE ou Sonia Wagner na educação.

Outra forma de participação da comunidade é denunciando caso os candidatos não estejam seguindo as regras da eleição. “A campanha iniciou a partir do dia 19 de agosto e os candidatos não poderão fazer chapas e nem disponibilizar brindes como em qualquer outra eleição, então qualquer ato também de fraude que você identifique no candidato, pedimos para que nos comuniquem, é preciso trazer alguma prova. Pedimos também que receba os candidatos nas suas residências, nos seus locais onde quer que sejam abordados para conhecer as propostas desses 18 candidatos”, finalizou.

Para assistir na íntegra a entrevista com Carina Dalcol basta acessar o link: https://www.youtube.com/watch?time_continue=15&v=UONsr5UF3QE


Categorias: Assistência Social,